"Morada segura"

"E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século" - Mateus 28.20

Por Leandro Veras   08/agosto/2017
Foto: Reprodução da Web

Quem será que nuca ouviu falar da parábola do "bom Samaritano" em Lucas 10.30-37, contata por Jesus Cristo para ilustrar de como a compaixão deveria ser aplicada a todas as pessoas. Pois está passagem se encaixa certinho com a história da telefonista Silviane Cunha, publicada na revista ISTOÉ na segunda-feira passada, dia 7, que por coincidência da vida carrega o mesmo sobre nome do ex-deputado federal Eduardo Cunha, que mesmo sendo conhecedor da Palavra de Deus, membro da Igreja Assembleia de Deus, Ministério de Madureira, foi preso por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O que me chamou atenção na história de Silvane meus amigos e amados irmãos em Cristo, é que não sei se ele é ou não evangélica, cristã, mas que ela simplesmente agiu conforme a parábola do "bom Samaritano". Segundo o artigo da revista, Silvane teria achado R$ 600 reais perdidos em um ônibus de João Pessoa (PB). Junto do dinheiro, uma fatura de banco no valor de R$ 564 reais, sem exitar, Silvane simplesmente foi até o banco e pagou a fatura, sem ao mesmo conhecer a pessoa. E mais. Silvane se prontificou em procurar a dona da quantia para devolver o troco, cerca de R$ 36 reais. Tato que publicou a história em sua página no Facebook.

# Curta Cristão Consciente no Facebook
# Assine Cristão Consciente no FeedRSS

"Achei ontem no ônibus 5100 em Mangabeira esses 600 com uma fatura. A pessoa que perdeu deve estar desesperada, nessa crise faz muita falta. Quem conhecer pode passar para ela que a fatura está paga. Não tem número de telefone. Seu nome é Claudineia Santos Lima (bairro) Funcionários II", assim anunciou a paraibana em sua rede social

Com a postagem, muitos comentários, diversos internautas parabenizaram a atitude de Silvane, o que infelizmente deveria ser uma atitude para todos conforme está em Lucas 10.30-37. E o que  mais chama atenção! Silvane fez questão de agradecer um por um. Após tudo isso, Silvane postou que tinha conseguido encontrar Claudineia e devolver o dinheiro junto com o comprovante de pagamento da fatura. "Ela foi à minha casa agradecer pessoalmente", escreveu nos comentários.


Isso me faz lembrar do rei Davi. Considerado pela Bíblia como homem segundo o coração de Deus, disse: "Uma coisa peço ao Senhor, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do Senhor todos os dias da minha vida" Salmo 27.4

E qual era a "Casa do Senhor" que ele desejava profundamente em sua mente? Será que o salmista estaria se referindo a uma construção? Não!!! Ele procurava por uma inexistente edificação com paredes, janelas e portas quais pudesse entrar? Não!!! O nosso Deus "não habita em santuários feito por mãos humanas" Atos 17.24 - Creio eu que, no momento em que o salmista escreveu: "Habitarei na Casa do Senhor para todo sempre" Salmo 23.6, ele não se referiu de maneira alguma em um refúgio, um local onde pudesse se afastar das outras pessoas. Para Davi o seu maio prazer era viver constantemente na presença de Deus, seja qual o lugar.

Até a próxima
Deus lha abençoe!